terça-feira, 28 de agosto de 2012

Palestra do Eric Pearl para pessoas ligadas a área medica, na Clinica São Vicente

Meus caros,

É com imenso prazer que enviamos o convite para a palestra do dr Eric Pearl que acontecerá na Clínica São Vicente no Rio de Janeiro.

Segue anexado o convite com as coordenadas para a reserva da vaga e algumas informações adicionais sobre a organização e a palestra.

Grato,

Rogélio Peres


A Reconexão (The Reconnection) é a organização internacional dedicada à difusão da consciência do profundo poder de cura da Cura Reconectiva, que produz mais de 100 seminários e eventos em todo o mundo a cada ano. A Reconexão já treinou mais de 70.000 pessoas em mais de 70 países na prática da Cura Reconectiva, incluindo muitos milhares de profissionais de saúde tradicionais, médicos, enfermeiros e fisioterapeutas. Cura Reconectiva é praticada em hospitais e clínicas particulares ao redor do mundo e também por pessoas comuns.

Com sede em Los Angeles, Dr. Eric Pearl e Cura Reconectiva suscita grande interesse da elite médica e de pesquisadores médicos em hospitais, faculdades e universidades em todo o mundo. Estes incluem Jackson Memorial Hospital, UCLA, Cedars-Sinai Medical Center, o Hospital VA, Tel Hashomer (Tel Aviv), Hospital Suburban, Qualidade de Vida Research Center (Cophenhagen), Memorial Hospital (Istambul), da Universidade de Minnesota, University of Miami Medical School, Kent College de Osteopatia (UK), RMIT University (Melbourne), Parker College (Dallas, TX e Melbourne, Austrália), St. Petersburg State Technical University (St. Petersburg), da Universidade de Oslo, e da Universidade de Arizona. Novos programas de pesquisa estão atualmente em andamento em várias instalações internacionais sob a orientação de cientistas de renome tais como Gary Schwartz, PhD., Tiller William, PhD., Konstantin Korotkov, PhD. e outros.

O livro do Dr. Pearl best-seller internacional, A Reconexão: curar os outros, curar-se, já foi publicado em mais de 36 idiomas.


Descrição de apresentação:

A Reconexão (The Reconnection) é um espectro completo de frequências vibratórias creditada por muitos com o poder de catalisar curas espontâneas. Incorporando a  inteligência universal que supera a técnica e a tecnologia, essas freqüências são acessíveis a quem encontrá-la, independentemente da orientação espiritual ou experiência prévia com a cura. Em todo o mundo, as pessoas comuns se transformaram em facilitadores de  curas extraordinárias, aprendendo como aplicar essas frequências a serviço de quem precisar.

Durante esta apresentação, o Dr. Eric Pearl irá compartilhar princípios teóricos e da filosofia fundamental da Cura Reconectiva. Dr. Pearl vai discutir sobre a história da Reconexão e por que hospitais, universidades e pesquisadores de todo o mundo estão investindo tempo e dinheiro pesquisando Cura Reconectiva em uma tentativa de explicar essas curas relatadas de cânceres, doenças relacionadas com a SIDA, epilepsia, artrite reumatóide e osteoartrite, e outros graves problemas. Dr. Pearl vai nos levar a uma compreensão mais profunda da interligação da ciência, cura e consciência, e proporcionar demonstrações ao vivo do trabalho com um número limitado de participantes do auditório.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Dr Eric Pearl no Rio de Janeiro para lançar Livro A RECONEXÃO



AINDA DA TEMPO PARA INSCRIÇÃO

VAGAS ESGOTADAS NO AUDITÓRIO NO RIO DE JANEIRO E SÃO PAULO!
MAS VOCÊ AINDA PODE PARTICIPAR NO HALL DA FAMA!
FAÇA SUA INSCRIÇÃO!
No salão das livrarias serão colocados telões para que todos possam acompanhar a palestra. As portas do auditório serão abertas para a segunda lista de reservas, no caso de desistência na primeira lista, 15 minutos antes do início do evento.


sexta-feira, 10 de agosto de 2012

A Cura do Dimitri, um menino grego que tinha paralisia cerebral.

Dr.Eric Pearl, da Cura Reconectiva e Reconexão,no Rio de Janeiro APROVEITE.


O Dr. Eric Pearl vai estar presente no Rio de Janeiro para o lançamento do livro onde também será ministrada uma palestra. As vagas são limitadas e terão que ser reservadas.

RESERVE AGORA A SUA VAGA NO LINK ABAIXO!!!!! E AGUARDE A CONFIRMAÇÃO DA SUA RESERVA.

http://www.reconectandooser.com.br/#!lancamento-do-livro-/-rj
 
 
Livraria da Travessa – Barra Shopping Av. das Américas 4.666/loja 220 - Nível Américas - CEP: 22640-102 Tel. 21. 2430 8100
 

Ótima noticia, enfim é lançado no Brasil o livro A Reconexão do Eric Pearl.
Tudo aquilo que alguns já tinham lido em outras línguas agora pode ser lido em nosso português.
Possivelmente o Dr Eric Pearl estará no Brasil durante o mês de agosto para fazer a apresentação publica do livro.
No site da livraria Cultura abaixo mais detalhes sobre o livro.

http://www.pensamento-cultrix.com.br/reconexaoa,product,978-85-315-1804-1,26.aspx



Sinopse do Livro
 Por que médicos proeminentes e pesquisadores científicos do mundo todo estão interessados nas curas extraordinárias relatadas pelos pacientes do Dr. Eric Pearl? O que significa quando esses pacientes relatam o súbito desaparecimento de problemas tais como câncer, paralisia cerebral e doenças relacionadas à Aids? E o que significa quando as pessoas que interagem com o Dr. Pearl relatam uma repentina capacidade de acessar essa energia de cura não apenas para si próprios, mas também para outras pessoas? Que fenômeno é esse? Prepare-se, porque talvez você tenha que rever tudo o que viu até agora sobre cura convencional. O novo espectro abrangente de frequências de cura descrito pelo Dr. Pearl transcende completamente a "cura energética" e suas muitas técnicas e leva você a se abrir para níveis de cura muito além dos acessíveis a todos. Este livro conta a jornada do Dr. Eric Pearl, desde a descoberta dos seus poderes extraordinários de cura até a merecida reputação que adquiriu servindo de instrumento para revelar esse processo ao mundo. E o mais importante: mostra como você pode ativar em si mesmo a capacidade de transmitir essas novas frequências de cura e usá-las em seu próprio benefício e das pessoas à sua volta.

domingo, 5 de agosto de 2012

O mundo das imagens - Satyaprem

 

 

Pergunta: O mundo da imagem é um mundo que é completamente usual na nossa sociedade. Será que de uma forma também, a gente vive na imagem?

Na verdade, a vida é que nem no cinema, se você entrar no cinema, senta e o que você vê, você abstrai, você entra numa história completamente ilusório, que é um jogo de luz, e que tem um conteúdo de emoção decodificado pelo seu cérebro. Você sente coisas que você já aprendeu a sentir. Aquelas imagens tem relevância para você.
Se você mostrar para um aborígene, imagens de um filme que você acha ‘demais’, ele não vai ter a menor referencia pra aquilo, ele não vai achar graça nenhuma, não existe informação, não existe decodificação. A menos que seja completamente abstrato, que entre no simples. Mas se entrou no complexo, a pessoa que não tem o código, não lê.
É uma linguagem. Então, na verdade, a gente vive um mundo de linguagem, a gente vive na linguagem.
Foi muito curioso, quando eu estudava comunicação, e lendo, acho que Bart, ele dizia: “Não existe nada fora da linguagem”. E eu fiquei pasmo com aquela afirmação porque eu olhava para as cadeiras e me perguntava: como, se essas cadeiras estão fora da linguagem?
E eu, devagarinho, recentemente, eu me dei conta que eu to sempre preso à linguagem. Cadeira não é o objeto em si, mas é a idéia na minha mente dela.
Então tudo está dentro da linguagem. Fora da linguagem não tem nada, por isso que eu não consigo descrever o processo, porque eu preciso da linguagem pra descrever uma coisa que não existe dentro da linguagem.
O nada, o vazio, a única correlação que você tem com o vazio a nível lingüístico é que é uma coisa a ser evitada. E o vazio existencial verdadeiro, aquele que é o vazio do Zen, que é o vazio que enche todas as coisas, ele não tem nada a ver com o que a linguagem te diz.
Então a linguagem das imagens é como se fosse contrária, é o inimigo do seu transcendente. Enquanto você fica preso à linguagem, você não vê aquilo que É.
Então a linguagem em certo momento, tem que ser rompida completamente, ela tem que entrar numa entropia total, ou seja, os conceitos começam a se bater uns nos outros, e eu fico em silencio, eu paro de tentar ir pela linguagem.
Nesse silencio existe uma possibilidade. É um portal. Eu diria que o silencio é o portal. E o final é a entrada e a saída. Se você entrar no silêncio, você chegou. Antes disso você tá preso na linguagem, naquilo que você imagina, porque a linguagem é imaginária: isso aqui é uma xícara e para quem isso é uma xícara? Pra nós, mas para uma pessoa que fala alemão e que não alcança a xícara, não existe esse código na cabeça dele e ele não sabe que aquele objeto que tu chama de xícara é xícara. Tem outro nome.
Então, as pessoas não se dão conta que vivem totalmente dentro, de molho na linguagem. É muito raro… Claro que existem aqueles momentos que no Zen é chamado de Satori, os vislumbres, que você se dá conta que aquilo que você está pensando não é o que é.
Muitas vezes você se dá conta… você pensa uma coisa e quando você vai medir o que você pensou com a realidade, não era nada daquilo que você estava pensando.
Isso aponta para o seguinte: se dar conta que existe uma outra realidade além do pensamento é fundamental.

Transcrito por: Silvana Pion
Blog: http://satyaprem.blogspot.com/
Site: http://www.satyaprem.com

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Avadhuta Gita por Agnimitra (comentários)

 


 22. Os sábios declaram que sem dúvida existe apenas uma entidade imutável. Quando abandonas as paixões e resta apenas UM, a variedade desaparece.
23. Como pode haver Samadhi se Atma não tem forma? Como pode haver Samadhi se não ocorre assim? Como pode haver Samadhi se não existe nem isto, nem aquilo? Tudo isto é ilimitado, como a própria Liberdade.
24. Tu és a essência imutável pura, sem forma e sem morte. Como podes dizer que sabes isto e não sabes aquilo sobre o Atma?
25. O eu, e somente o eu, é declarado por tais frases como (isso és tu). Isto, não é isto, é a palavra dos Vedas sobre a questão. O mundo fenomenal não é uma realidade.
26. No eu somente e pelo eu (tu) somente se acha contido tudo isto (universo). Para ti não há contemplador, contemplação ou o órgão da contemplação. Como, então, contemplas e não te envergonhas?
27. Eu não conheço O venturoso, como posso falar sobre Ele? Eu não conheço O venturoso, como posso adorá-Lo? Eu sou O venturoso, a verdade mais elevada, a essência homogeneamente una, livre e ilimitada como ó espaço.
28. Eu não sou matéria, mas um princípio imutável e além do alcance da imaginação. Sou livre de toda a servidão, nem sou alguém que escraviza (outros). Como posso, então, ser cognoscível em minha natureza?
29. Não existe outro senão o Um eterno, nenhum outro senão o princípio da existência. Apenas Atma é a verdade mais elevada. Não existe um que mata, nem o ato de matar.
30. Quando um vaso se parte, seu espaço interior surge para o espaço universal; similarmente, na mente pura, apenas o Atma imaculado permanece. E então nenhuma diferença, em absoluto, existe para mim.
31. Não existe o vaso, nem o espaço ocupado por ele; tampouco a alma individual ou seu receptáculo. Conhece o Brahman apenas, em quem não existe o cognoscente ou aquilo que é paira ser conhecido.

 
Trechos comentados do Avadhuta Gita por Agnimitra.
Confira o áudio em http://toquenaunidade.com.br/agnitoques/conversas/comentarios-sobre-o-avadhuta-gita-iv/