terça-feira, 20 de março de 2012

Cura, o que está por trás disso?

Tenho me perguntado muito sobre o que é Cura, e cada vez mais entendo que precisamos muito aperfeiçoar nossa percepção para absorver o nosso processo de Cura, nem sempre estamos preparados para sermos totalmente curados, seja de nossas dores e/ou angústias, medos , seja de nossas doenças graves e até mesmo de nosso padrões atuais de interagir no mundo.
Percebo em minha experiência que o imediatismo de estarmos bem nos impede de ver a riqueza que está florescendo no momento em que decidimos nos curar, nessa decisão tem luz e informação do nosso mais profundo ser e aí começa uma viagem mágica de volta para o meio do meio de lugar nenhum, que é cada ser humano com todo o seu potencial divino.
A mente aquela que a pensamos ser a que tem as respostas passa de poderosa para ser uma organizadora de planos para que eu possa atingir meus objetivos, temos a leve impressão que ela decide tudo da melhor forma até que nos deparamos com decisões que machucam e adoecem nossa alma. Sendo assim rever esse conceito pode levar a Cura.
Entendo que isso é complexo quando pensamos que algo externo vai nos proporcionar um bem estar.Na realidade se não consigo me perceber como irei receber algo que vem de fora?
Se não consigo encontrar em meus sentimentos onde está meu lugar seguro, como posso perceber quando ganho algo valioso para a minha vida?
Se não vejo em mim a perfeição como saber quando estou em desequilíbrio e vice e versa?
Nosso conceitos em algum momento foram distorcidos e o mais grave é que fomos anestesiados em nossos sentimentos.Sem sentimentos sem respostas, sem respostas adequadas sem equilíbrio, sem equilíbrio sem saúde, sem saúde nos perdemos num emaranhado de soluções padronizadas que nem sempre trazem qualidade as nossas vidas.
A industria famacêutica é a que mais cresce em todo mundo e nós estamos buscando o tempo todo Cura.Cura física, emocional, mental e todas elas hoje em dia são tratadas pela industria farmacêutica, e na maior parte os remédios nos parar de sentir, e sem sentir não posso perceber o que realmente está acontecendo comigo. Ficamos numa Roda sem fim, onde somos jogados num determinado momento pra fora da Roda e nos tornamos apenas espectadores da nossa vida.
Onde está a Cura?Será que perdemos a mão do bolo sem sentir? Onde eu estamos agora sem sintomas , sentimentos e por vez sem ação sobre nossa própria vida?
Se sou um Ser Integral a Cura se dá em todos os níveis e tenho que estar desperto para isso, equilibrando meus sentimentos, trazendo meus pensamentos para dar soluções e usando meu corpo para agir no mundo de acordo com os meus valores e assim realizando meus sonhos, isso pra mim é Cura.
As vezes dói, as vezes não, e quanto mais nossa harmonia vier da dança do coração mais felizes ficamos, independente do nosso mundo externo estar perfeito ou não. Danço a dança do meu coração, os batimentos se harmonizam, o ritmo fecha as soluções e a mente acompanha, uma grande orquestra trazendo para o mundo o que Eu sou.
Hoje tudo isso já é científico, podemos achar na internet informações sobre como harmonizar a vida através da respiração, dos batimentos cardíacos, mudanças de padrões mentais, meditação, hipnoterapia entre outras milhões de técnicas comprovadamente eficazes.
Sabe o que a Cura Reconectiva e a Reconexão vem trazer de diferente?
Vem trazer as frequências onde nossa estação de rádio interior pode receber as informações para que cada um de nós individualmente possa operar sua própria Cura, A Cura Reconectiva e a Reconexão são como atalhos de anos e anos de LUZ e INFORMAÇÃO para nossa existência.
Mesmo assim nada é garantia de que vamos estar curados porque isso ainda depende da Inteligência Divina ela sabe em todo seu potencial qual a Cura que precisamos em nossa existência.
Se abre mais uma porta, podemos entrar ou não, podemos decifrar ou não.
Vejo nos clientes que atendo com as frequências muitas coisas se modificarem e Curas acontecerem mas o que mais me dá forças para continuar com o meu trabalho é perceber que se tornam o que sempre foram, pessoas que desabrocham seus potencias divinos e isso é Cura para mim.
Curar é Curar a nossa vida de forma Integral, nosso dia a dia, nossas ações, nosso corpo e mente unidos em uma só voz. Somos UM e como UM acabamos com tudo que possa nos tirar a única coisa que pode mudar o mundo, o AMOR INCONDICIONAL.

NAMASTÊ.

www.reconexao.com.br

Malu Nóbrega Peres

domingo, 11 de março de 2012

O Fardo (tarô Osho)

A verdadeira vida de um homem é o caminho no qual ele se desfaz das mentiras que lhe foram impostas pelos outros. Desprovido das roupas, nu, ao natural, ele é aquilo que é. Trata-se aqui de ser, e não de vir a ser. A mentira não pode transformar-se na verdade, a personalidade não pode transformar-se na sua alma. Não existe maneira de transformar o não-essencial em essencial. O não-essencial permanece não-essencial, e o essencial permanece essencial -- eles não são conversíveis. Esforçar-se pela verdade só vai criar mais confusão. A verdade não precisa ser conquistada. Ela não pode ser conquistada, pois já está aí. Apenas a mentira é que precisa ser descartada.
Todos os anseios, propósitos, ideais e metas, todas as ideologias, religiões e sistemas de aperfeiçoamento, de melhoramento, são mentiras. Cuidado com tudo isso. Reconheça o fato de que do jeito como você é agora, você é uma mentira, resultado de manipulação, produzido pelos outros. A busca da verdade é de fato uma distração e um adiamento. É a fórmula encontrada pela mentira para disfarçar-se. Olhe a mentira de frente, examine a fundo a falsidade que é a sua personalidade. Pois encarar a mentira é parar de mentir. Deixar de mentir é desistir de buscar alguma verdade -- não há necessidade disso. No momento em que desaparece a mentira, ali está a verdade em toda a sua beleza e esplendor. Encarando-se a mentira ela desaparece, e o que fica é a verdade.
Osho

domingo, 4 de março de 2012

MUDAR OU DEIXAR COMO ESTÁ?

O ser humano é por natureza inquieto, questionador, buscador e por causa disso evoluímos muito com o passar dos anos. Quando recebo um cliente existe sempre um desconforto, algo que querem mudar ou melhorar na área afetiva, de trabalho, na família enfim nas diversas áreas que compõe a vida de cada um.  Todos do seu jeito querem que algo mude para que o desconforto desapareça, para serem felizes. Vêem sempre as causas da sua infelicidade fora de si e poucas vezes, numa primeira entrevista percebem que tudo está dentro. As formas que cada um percebe a sua própria realidade, e agem nas diversas áreas de suas vidas, com crenças que ao invés de ajudar nas mudanças que querem promover em suas vidas, os limitam, impedindo que seja feito o que eles querem fazer, impedindo que o verdadeiro fluxo da vida de cada um aconteça.
Como Coach, levo os clientes a esclarecer os fatos, descobrir suas crenças limitantes e criar um novo caminho, e isso dá trabalho. Imagine que muitas vezes vive-se infeliz achando que aquele é o único caminho e num certo ponto percebe-se que isso não é verdade absoluta, que existem outras possibilidades. Nessa altura o que você faria? Mudaria?Criaria novas trilhas?Apostaria nos seus sonhos?
Provavelmente você responderia que gostaria de apostar nos seus sonhos. Então mãos a obra, vamos alinhar seus sonhos as suas ações, a sua missão de vida, aos seus valores. Por onde gostaria de começar? E aí vem o maior dos questionamentos: Como?Como posso fazer isso?Na realidade o que menos importa é o como e sim o que você decide querer agora.
Um moinho roda enquanto houver água para impulsioná-lo ou um motor, sempre para o mesmo lado, ele não tem escolha, mas você tem escolha. Você pode parar de girar para o mesmo lado e girar para outro lado, vai dar trabalho parar de girar e depois ter um giro veloz para o outro lado, não é instantâneo. Tem um tempo para parar, um tempo para mudar o lado e outro tempo para dar velocidade ao seu movimento.
Mas o que dá mais trabalho?Continuar girando e se sentido mal por estar girando para o lado que não queres girar ou parar de girar e começar a girar para o outro lado?Eu diria que as duas opções dão trabalho, sendo que uma delas me dá a possibilidade de estar indo na direção dos meus sonhos, do que quero para a minha vida, no caminho que me leva ao que realmente sou.
Ser infeliz é um hábito que passa de pais para filhos e talvez para netos e assim por diante. Quantas noites em claro e quantas caixas de remédio você tem que comprar para sustentar esse hábito. O hábito de não acreditar em si mesmo, de não acreditar na vida.
Quem faz a roda da infelicidade parar de girar é você. Não existe ninguém além de você que possa fazer isso, com a vantagem que você poderá estar criando novos hábitos e possibilitando as gerações futuras novas visões do mundo a sua volta.
Não existem modelos que dão certo, existe o seu modelo, o que você quer esse para você é o certo. O coaching leva você a aprender a criar novos caminhos, do seu jeito, sem copiar nem precisar se violentar para conseguir o que quer. Calmamente no seu tempo, você terá as rédeas da sua vida. Junto com isso a sua maneira de ver o mundo irá mudar e trazer paz e alegria a você e a todos que estão ao seu redor. Simplesmente porque você estará fazendo o que realmente quer e não importa quanto tempo irá levar para conseguir isso, o que importa é que você já escolheu girar o seu moinho para o outro lado.
Dê apenas um passo e o final do caminho começará a aparecer como mágica. Assim passo a passo você pode construir uma vida do seu jeito, da forma que te dá mais prazer.
E agora, o que dá mais trabalho? 
 
                                                                            Maria Lúcia Peres